Porquê Único?

A Região Centro de Portugal, com Coimbra como pólo estratégico, é uma das 32 regiões de referência para o Envelhecimento Ativo e Saudável reconhecidas pela Comissão Europeia, a única em Portugal. 

Esta distinção é resultado de um ecossistema único propício ao desenvolvimento de boas práticas nos cuidados de saúde associados ao envelhecimento ativo e saudável, alicerçado no eixo Ensino/Inovação/Investigação.

Ensino

A Universidade de Coimbra (UC) é uma referência incontornável no panorama do Ensino Superior e da Investigação e Desenvolvimento em Portugal e no mundo, quer pela qualidade reconhecida do ensino ministrado nas suas oito Faculdades, quer pelos avanços que tem permitido à investigação pura e aplicada, em diversas áreas científicas e tecnológicas, nomeadamente na área da saúde e do envelhecimento.

Para além de uma vasta oferta de licenciaturas, a UC oferece formação avançada de qualidade, com vários programas de graduação e pós-graduação nas áreas da Saúde, Ciências Biomédicas e Educação Física.

Na área do ensino, destaca-se, ainda, o Instituto Pedro Nunes que, com uma forte ligação à UC, proporciona formação de alto nível, promovendo e estimulando a transferência de saber e o empreendedorismo; e a Divisão de Inovação e Transferências do Saber da UC, uma unidade direcionada para as áreas de relacionamento com entidades externas, inovação, transferência do conhecimento e empreendedorismo.

Inovação

A Região Centro de Portugal dispõe de um ecossistema único em Coimbra que concentra recursos, competência profissional e serviços de qualidade na área dos cuidados de saúde. Este núcleo altamente diferenciado é alicerçado no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e na Universidade de Coimbra, em estreita colaboração com uma rede regional de saúde e instituições de solidariedade sob a tutela da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC). 

No que respeita à assistência social dos seus cidadãos idosos, o concelho de Coimbra tem vindo a desenvolver projetos que promovem o bem-estar e a qualidade de vida da população idosa, tais como a “Georeferenciação de Idosos” (para localizar os idosos em situação de risco para uma intervenção útil e atempada); a “Teleassistência ao Domicílio” (que aumenta a segurança e combate à solidão dos idosos através de um centro de atendimento permanente); e “Uma mesa para os avós” (com a missão de distribuir refeições ao domicílio aos fins de semana e feriados).

Além de estar equipada com uma excelente rede de centros de saúde e de unidades hospitalares, que se distingue na área da assistência e dos cuidados médicos, Coimbra destaca-se, igualmente, na área da inovação tecnológica. É de salientar a robustez de programas no domínio da transferência de novas tecnologias para o apoio ao idoso, criados na Incubadora e Aceleradora de Empresas do Instituto Pedro Nunes e no BIOCANT. Aqui são desenvolvidos produtos inovadores para promoção do envelhecimento ativo e saudável, nomeadamente a independência funcional do idoso e o seu envolvimento na gestão de saúde.

Investigação

Coimbra é líder no desenvolvimento de tecnologias da saúde e prova disso é o envolvimento do Instituto Pedro Nunes em vários projetos na área do Active and Assisted Living que têm como objetivo colocar as Novas Tecnologias de Informação e Comunicação ao serviço da saúde e da inclusão. De destacar os projetos europeus Co-living, CaMeLi, CogniWin, financiados pelo Ambient Assisted Living Joint Programme (AAL-JP), e também projetos nacionais como o AAL4ALL e TICE.healthy, financiados pelo QREN.

Símbolo da afirmação internacional da investigação científica praticada em Coimbra na área das Neurociências e Visão é o CNC.IBILI, a mais recente unidade de investigação biomédica na Região Centro de Portugal, que resulta da fusão de dois institutos de investigação de excelência em Coimbra: o Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), com uma longa tradição em biologia celular e molecular e neurociências, e o Instituto de Imagem Biomédica e Ciências da Vida (IBILI), um instituto de investigação da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, um centro de excelência reconhecido internacionalmente na área das ciências da saúde.

Na área da Imagem Biomédica, é de destacar o Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS), um centro multidisciplinar de investigação da Universidade de Coimbra que utiliza as principais modalidades de imagem médica para aplicações biomédicas, que vão das ciências fundamental à pré-clínica e clínica.